Villa Bahia

maio 27, 2014

Se você acha que Pelourinho é lugar só de turista, não sabe o que está perdendo. Entre muitas outras coisas, está o restaurante do Hotel Villa Bahia, no Terreiro de São Francisco, que conhecemos durante o Restaurant Week deste ano, mas que merece uma visita também fora do festival.

Hotel Villa Bahia - Onde Comer em Salvador Blog de Gastronomia

Hotel Villa Bahia, no Pelourinho.

Localização: boa.
O Terreiro de São Francisco é meu (Gabi) ponto preferido do Centro Histórico de Salvador. Super tranquilo, o largo reúne lojas, restaurantes e nossa amada sorveteria Le Glacier Laporte. Só não ganha uma classificação melhor por causa do acesso, meio complicado pra quem vai de carro. Nós deixamos o carro no estacionamento que sai em frente à sede do Olodum e subimos a pé. Vale dizer que, nas nossas últimas visitas, achamos o Pelourinho muito mais seguro e agradável.

Ambiente: excelente.
Decoração clássica e de muito bom gosto. Se por fora, o casarão se mistura à paisagem do Pelô, por dentro, o Villa Bahia é de encher os olhos. Lindo em cada detalhe. Das toalhas de crochê até a sinalização dos banheiros. Como chegamos sem reserva, as únicas mesas disponíveis eram duas na área externa, ao lado de uma pequena piscina com um paredão verde. A área interna era ainda mais bonita. Tem até uma fonte. Mas achamos o nosso lugar muito agradável também.

Hotel Villa Bahia - Onde Comer em Salvador Blog de Gastronomia

Detalhe da porta do banheiro feminino do Hotel Villa Bahia.

Hotel Villa Bahia - Onde Comer em Salvador Blog de Gastronomia

Detalhe da porta do banheiro masculino do Hotel Villa Bahia.

Atendimento: muito bom.
Ligamos para tentar fazer reserva em torno de 10h30 da manhã de domingo. Ao telefone, nos informaram que todas as reservas já estavam preenchidas e só havia lugar para a noite. Insistentes que somos, resolvemos arriscar. Chegando lá, umas 12h, o gerente foi muito gentil em nos acomodar no espaço externo, visto que o restaurante ainda estava vazio. Ficamos felizes com a flexibilidade. Daí em diante, tudo correu bem. Só perto das 13h30 quando o restaurante realmente encheu que ficou difícil chamar o garçom para pedir a conta, pois estávamos um pouco isolados do salão principal. Mas nada de mais. A essa altura, já estávamos encantados com o almoço.

Comida: excelente.
Ah, meu filho/minha filha, nem te conto! Já tínhamos ouvido falar superbem do Villa Bahia, mas também ouvimos que era um pouquinho caro. Então aproveitamos o Restaurant Week para conhecer o restaurante. Pelo que já tínhamos visto em fotos, o menu se manteve fiel à identidade da casa. O Gratinado bicolor de inhame e banana com carne de fumeiro, queijo coalho e cebolas caramelizadas e o Pudim de caranguejo sobre molho dip de coco verde, gengibre e coentro foram só o começo. Nesse primeiro round de entradas, venceu o Gratinado. Estava espetacular! Mas o Pudim de Caranguejo, que lembrava uma casquinha, também arrancou suspiros. Para acompanhar, um Espumante rosé Terranova da Miolo.

Entradas do Villa Bahia no Salvador Restaurant Week - Onde Comer em Salvador Blog de Gastronomia

Entradas do Villa Bahia no Salvador Restaurant Week.

Espumante Miolo no Villa Bahia - Onde Comer em Salvador Blog de Gastronomia

Espumante Terranova Rosé da Miolo. (R$49,90)

Por mais que o Peixe na Folha de Bananeira parecesse ótimo, o Filé Mignon em crosta de mandioca com baião de dois e creme de abóbora foi o pedido unânime da mesa. Sem arrependimentos. A carne estava macia e suculenta e casou perfeitamente com o restante do prato. Delicioso!

Prato do Villa Bahia no Salvador Restaurant Week - Onde Comer em Salvador Blog de Gastronomia

Filé Mignon em crosta de mandioca com baião de dois e creme de abóbora

E as sobremesas? Verdadeiras obras de arte. Cocada de forno com calda de maracujá e sorvete de cocoDiscos de tapioca assados com calda toffee de baunilha. Confessamos que nós dois pedimos os Discos de tapioca e roubamos um pedacinho da outra sobremesa, pedido da amiga Etna Vasconcelos, que nos cedeu sua agradável companhia nesta aventura gastronômica. A cocada tinha textura de bolo, bastante suave, e ficou perfeita com a calda e o sorvete. Já os Discos de tapioca era uma verdadeira declaração de amor. O sabor estava como a apresentação, apaixonante.

Sobremesa do Villa Bahia no Restaurant Week - Onde Comer em Salvador Blog de Gastronomia

Cocada de forno com calda de maracujá e sorvete de coco

Sobremesa do Villa Bahia no Restaurant Week.

Discos de tapioca assados com calda toffee de baunilha

Conta: boa. 
Durante o Restaurant Week, o Villa Bahia só está oferecendo o menu do evento, então não tivemos acesso ao cardápio oficial. Mas pescamos umas informações aqui da Veja Comer e Beber, e parece que há pratos em torno de R$50, R$60.  No Restaurant Week, o almoço com entrada, prato e sobremesa custou R$37,90 (+ R$1 para a Fundação Cafu). Valeu muito a pena!

Conclusão: excelente.
O Villa Bahia definitivamente entrou para a nossa lista de restaurantes imperdíveis de Salvador, graças à sua belíssima decoração e gastronomia surpreendente. Dá até pra fazer vista grossa para os outros pontos que não alcançaram a nota máxima. Ou seja, vá! E tome um sorvete no Le Glacier Laporte depois.

Indicamos para casais, famílias, pequenos grupos e turistas.

Endereço: Largo do Cruzeiro de São Francisco, 18, Hotel Villa Bahia.
Bairro: Pelourinho.
Telefone: (71)3322-4271
Lugares: 100 (aprox.)
Horário: das 11h às 22h30
Fan page: https://www.facebook.com/pages/Hotel-Villa-Bahia/189788131066227?fref=ts